Anime: ClassicaLoid – compositores não tão clássicos em grandes confusões

Oiê! O post de hoje é sobre um anime que está passando na temporada atual no Japão: ClassicaLoid. Ele tem como protagonista a jovem estudante Kanae, que mora em um casarão com dois hóspedes: Beethoven e Mozart. Mas não Beethoven e Mozart como você deve estar imaginando…

classicaloid1

Continue reading


#musicmonday 74: The Typewriter – Leroy Anderson

Oi! Hoje eu queria compartilhar a peça The Typewriter (O datilógrafo), composta por Leroy Anderson em 1950 e tocada pelo amigo Vítor Zago com a Orquestra Comunitária da Unicamp, sob a regência de João Bosco Stecca.

Essa peça explora os timbres da máquina de escrever, como o som das teclas, da alavanca de retorno e do sinal de final de linha, o que remonta o cenário sonoro da sociedade urbana da década de 50.

Espero que vocês gostem! Ah, e com certeza toda a pompa do Vítor também merece um destaque! Ficou ótimo!! Hehehehe

Clique aqui para ver o post no perfil do Vítor.

Até a próxima!


Vídeo: como ser um músico erudito

Oi! O post de hoje é mais light que os mais recentes porque preciso compartilhar com o mundo um vídeo muito legal que mostra os tormentos da vida de um músico erudito =p

howtobeaclassicalmusician

Continue reading


15 segundos de piano no instagram

Oi! Recentemente comecei a postar alguns vídeos tocando piano no instagram. Ele só deixa 15 segundos, então dá pra escolher o trecho mais legalzão da música e ser um preview. Não estou gravando a música inteira por falta de câmera. Snif. ;__; Na verdade o celular é bom o bastante pra mim, mas não sei onde está o gravador, que se perdeu na mudança. (porque o som do celular é bem fraco)

piano

Continue reading


Obras recuperadas: de campos de concentração e Mozart

Oi! Hoje estou postando para compartilhar duas notícias que vi nos últimos dias, uma delas foi sugestão da Jéssica, que me marcou no facebook. (Obrigada, adoro quando vocês me mandam coisas ❤)

partituracampoconcentracao
Imagem: Fondazione Istituto di Letteratura Musicale Concentrazionaria

Pianista italiano recupera músicas compostas em campos de concentração: Francesco Lotoro é um pianista que viaja o mundo buscando sobreviventes do holocausto para resgatar a música que era feita nos campos de concentração. A maior parte dessas composições foram feitas como um ato de resistência. Lotoro está preparando um filme, que deve sair em abril, e as gravações foram feitas em 16 países, incluindo o Brasil. Leia a matéria completa aqui!

Obra perdida de Mozart é tocada pela primeira vez: Uma obra perdida de Mozart, que foi descoberta em novembro de 2015, foi tocada pela primeira vez. É uma cantata que foi escrita em parceria com Salieri (sim, AQUELE Salieri do filme Amadeus) e um compositor desconhecido chamado Cornetti. Para escrever com Mozart ele não devia ser qualquer um, o que faz pensar em quanto não perdemos por falta de registro… O musicólogo Timo Jouko Herrmann diz que essa peça é chave para um novo entendimento da relação entre Mozart e Salieri. Leia a matéria completa e ouça a cantata aqui!

Até a próxima!


#musicmonday 70: El Grillo – Josquin des Pres

Olá! A recomendação de hoje é uma peça para coral/madrigal do compositor franco-flamengo renascentista Josquin des Pres. Ouvi essa música no concerto do madrigal semestre passado, que foi a primeira vez que a Thais regeu. ❤ #orgulho

grilo

Continue reading


Doodle em homenagem a Beethoven

Os doodles (logos especiais) do Google estão cada vez mais caprichados, né? Já tivemos joguinhos, um teclado que toca de verdade e muitos outros que, apesar de não serem interativos, encantam pela arte. O de hoje, em homenagem aos 245 anos de Beethoven, combina as duas coisas: é interativo e tem uma arte muito fofa!

beethovendoodle1

Continue reading


Anime: Shigatsu wa kimi uso. Um piano e um violino.

Oi, pessoal! Hoje vou deixar aqui uma sugestão de anime musical! Ele passou na temporada passada no Japão. (fiquei chateada porque só quando a temporada estava acabando descobri que tinha um anime de música) Shigatsu wa kimi uso, traduzindo seria algo como “sua mentira em abril”.

Continue reading