A novela do Pibid continua

Oi! Recentemente escrevi aqui dois posts sobre o Pibid: O programa Pibid na corda bamba, que apresenta para quem não sabe o que é e fala um resumo das tretas que têm acontecido; o segundo foi Os rumos incertos do Pibid, que conta um pouco sobre o desenrolar da história, que já virou novela. (a propósito estou ficando sem ideia de títulos criativos, aceito sugestões)

pibid

No último capítulo da novela, os bolsistas com 24 meses de projeto foram suspensos, ou seja, eles nós provavelmente seríamos cortados o mais depressa possível. Estava sendo discutida uma reformulação geral no programa, para que ele passe a servir ao propósito de alfabetizar os alunos. Mas a mobilização continua, estamos fazendo pressão para que essa reformulação não aconteça.

No dia 17, o Forpibid (Fórum Nacional do Pibid) soltou um comunicado que foi uma luz no fim do túnel: a reunião no MEC que aconteceu no dia 15 foi produtiva e, resumindo, as principais reivindicações haviam sido atendidas: os projetos institucionais teriam continuidade (ou seja, não seriam desfeitos para abrir um novo edital e não seria feita a reformulação alfabetizadora) e os bolsistas com 24 meses não seriam cortado, assim como não haveria supressão dessas vagas. (se os bolsistas com 24 meses saírem, não dá para entrar novos bolsistas no lugar até que lancem o novo edital)

Todos ficamos esperançosos e comemoramos muito essa notícia… até levarmos um balde de água fria. Na reunião de terça, a coordenadora do Pibid Música nos contou que, apesar do informe e do que aconteceu na reunião, o MEC não soltou nenhum comunicado por escrito firmando que atenderá as reivindicações. Então, a rigor, não é certeza nem que não seremos cortados.

E ontem o MEC divulgou nas redes sociais a seguinte mensagem:

pibidre

Não é fortalecimento, é retrocesso!!!! Dessa forma deixarão de existir projetos de música, arte, dança, filosofia, psicologia, educação física, história e diversas outras áreas que enriquecem a formação na escola pública! A alfabetização não é a única coisa que importa na EDUCAÇÃO do jovem! Projetos alfabetizadores são importantes mas essa mudança é a extinção do Pibid, já que não será mais uma iniciação a docência, mas sim iniciação a alfabetização!

De acordo com o link divulgado na mensagem, o Pibid não é o único afetado. Outro programa muito legal do governo, o Mais Educação, também passará a ser usado para alfabetizar. Tenho amigos que desenvolveram projetos muito legais pelo Mais Educação, ligados a várias disciplinas, e o fim desse programa (porque essa reformulação é o fim dele assim como é o fim do Pibid) também é algo a se lamentar.

Não sei mais nem o que pensar com esse vai-não-vai, cada semana é uma notícia diferente, volta atrás, desvolta. São centenas de bolsistas que estão como eu, sem saber se continuam no programa, se o programa vai continuar, se receberão a bolsa mês que vem ou não.

Nas nossas reuniões, estamos pensando (mesmo os bolsistas que estão suspensos) em como continuar com o Pibid Música com o número de bolsistas reduzido pela metade (de 10, 5 foram suspensos e atendemos duas escolas). Alguns dos bolsistas suspensos estão dispostos a continuar com o trabalho voluntariamente. Mas esse clima de incerteza prejudica muito nossas atividades, até porque dedicamos boa parte das reuniões a comentar as últimas notícias, pensar em formas de mobilização e discutir os rumos da educação.

Assim que tiver mais notícias volto a postar. Espero que sejam boas notícias…

Posts relacionados:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *