Sobre bloqueio de escrita

Oi! Não sei se alguém notou, mas este bloguinho ficou abandonado pelo maior tempo desde sua criação, 10 anos atrás. (Sim, ele completou uma década de existência!!!! Mas isso é assunto para outro post.) É normal ter uns “hiatos” sem muitas publicações, por falta de tempo e tal, porém desta vez foi uma crise existencial.

Sabe bloqueio de escrita? Quando você não consegue sentar e escrever, não consegue tirar as palavras de dentro de você? (dá uma aflição) Isso acontece comigo quando eu fico meio perdida. Recentemente eu precisei reestruturar os meus planos e expectativas profissionais e então decidi que quero ir pra rede pública – o que sempre foi uma vontade minha, mas tomei coragem pra fazer alguma coisa nesse sentido. Passei dezembro em janeiro focada em estudar pra concurso e passei nos dois que prestei: pra professora de artes em Taboão da Serra e pra professora de música em Piracaia. (e isso também é assunto pra outro post! o que não falta é assunto, falta é sentar e escrever) Gosto de pensar que tudo acontece por uma razão, então apesar de ter me sentido perdida no fim do ano, por outro lado também senti como se estivesse livre pra correr atrás de outras coisas. E tem dado certo.

Mas voltando ao blog… Até hoje aparecem pessoas que passam na licenciatura em música na Unicamp e falam que conhecem o meu blog e que ele ajudou a tirar dúvidas. :) Isso é uma coisa que me deixa muito feliz e é o que me motiva a sempre voltar pra cá, superando a falta de tempo, a longa distância entre posts e eventuais bloqueios. Quero escrever mais sobre a pós-graduação e sobre concursos na área de artes, assim talvez eu consiga tirar dúvidas e conhecer mais pessoas.

Também foi um péssimo momento para ter um bloqueio de escrita porque eu precisava ter começado minha dissertação nas férias e agora estou atrasada com isso ;___;

Bom, é isso. Até o próximo post e não desistam do blog. ♥


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *