Livros lidos em 2017

Oiê! Um dos meus posts preferidos, aquele que lista todos os livros que li no ano! 2017 foi um ano em que eu passei por várias crises e isso pode ser percebido olhando vários meses em que eu não li quase nada. Depois eu senti uma vontade imensa de fazer tudo que tinha deixado de fazer, inclusive ler.

Como também fiquei ausente do blog, não teve as fotinhos com os livros do mês, o que eu pretendo corrigir em 2018. Mas vamos lá pro listão!

Janeiro

  • O palhaço está em greve – Marco Túlio Costa
  • O resto é silêncio – Érico Veríssimo
  • Outra volta do parafuso – Henry James

Fevereiro

  • Teatro do oprimido – Augusto Boal
  • Canibal vegetariano – Gabriel Pardal

Maio

  • O bom do amor – Chris Melo, Laís Soares

Junho

  • Asylum – Madeleine Roux

Julho

  • Bear – Bianca Pinheiro
  • Bidu Caminhos – Luís Felipe Garrocho, Eduardo Damasceno
  • A Vida de Jonas – Magno Costa
  • O 18 Brumário de Luís Bonaparte – Karl Marx
  • Valente Por Opção – Vitor Cafaggi
  • Bourdieu & A Educação – Maria Alice Nogueira, Cláudio Martins NOgueira
  • Como conversar com um fascista – Marcia Tiburi
  • Mutts: os vira-latas – Patrick Mc Donnell

Agosto

  • Escritos de educação – Pierre Bourdieu
  • O conto da aia – Margaret Atwood

Setembro

  • O ladrão de raios – Rick Riordan
  • T-veg – Smriti Prasadam-Halls
  • Xii! Meu corpo está crescendo – Graciela Repún
  • Bichodário – Telma Guimarães
  • O mistério do coelho pensante – Clarice Lispector
  • Cadê a Síndrome de Down que estava aqui? O gato comeu… – Elizabeth Tunes, L. Danezy Piantino
  • Psicologia do desenvolvimento – Nelson Pietti, Solange Rossato, Geovanio Rossato

Outubro

  • Belas maldições – Neil Gaiman, Terry Pratchett
  • A revolução burguesa no Brasil – Florestan Fernandes
  • Música(s) e seu ensino – Maura Penna
  • O mar de monstros – Rick Riordan
  • Mitologia nórdica – Neil Gaiman
  • Álbum de casamento – Nora Roberts
  • Mulheres – Carol Rossetti
  • Práticas psicomotoras para sala de aula – Geraldo Peçanha de Almeida, Marcelo Guimarães
  • O assassinato e outras histórias – Anton Tchekhov
  • Mar de rosas – Nora Roberts
  • Designing sound for animation – Robin Scott Beauchamp

Novembro

  • Bem-casados – Nora Roberts
  • Felizes para sempre – Nora Roberts
  • O que é arte – Jorge Coli
  • Manifesto do partido comunista – Karl Marx, Friedrich Engels
  • Aborto, saúde e cidadania – Wilza Vieira Villela, Regina Barbosa

Dezembro

  • Nós e o comunismo – Florestan Fernandes
  • A grande tarefa da revolução consiste em formar o homem novo – Fidel Castro
  • Quando eu parti – Gayle Forman
  • Vizinho, vizinha – Mariana Massarani, Roger Mello
  • Faz muito tempo – Ruth Rocha
  • A produção da crença – Pierre Bourdieu
  • O Inimigo de Deus – Bernard Cornwell
  • Em defesa do faz de conta – Susan Linn
  • Os remédios da vovó – Valeria Edelsztein
  • Assassin’s Creed: a cruzada secreta – Oliver Bowden
  • As tarefas revolucionárias da juventude – Vladimir Lenin
  • Isso me traz alegria – Marie Kondo

No começo de dezembro separei os livros que queria ler “ainda em 2017”, que estava mais para livros que quero ler num futuro próximo, porque era impossível ler tudo em um mês. Dessa pilha de livros, li cinco! E estou lendo mais dois no momento.

Foi um total de 52 livros! Um a menos que em 2016, mas é um resultado impressionante considerando que eu fiquei meses sem ler O.o Em 2015 foram 73 e em 2014, 40. Não costumo fazer metas de livro, tipo vou ler x livros no ano ou y livros por mês, só acho legal fazer essas listas e relembrar minhas leituras. Continuo na batalha para acabar com o tsundoku – palavra japonesa que designa o ato de juntar livros não lidos.

Ainda quero postar umas mini-resenhas de cada livro lido, pelo menos a partir de julho. O post está pela metade. Vamos ver quando ele fica pronto.

Keep reading e até a próxima! ヽ(゜∇゜)ノ

Posts relacionados:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *