Talk Show: Arte da cidadania LGBT

Olá, pessoal! Estou postando hoje para divulgar um evento que vai acontecer no dia 27 de agosto no auditório do Instituto de Artes e está sendo organizado pelo meu amigo querido, Hugo. É um show de entrevistas e mostra de arte com a participação da plateia. Ele me enviou o release, que vou colocar abaixo.

capa 1

Com o tema “Uma revolução social por meio de uma revolução estética”, o Talk Show tem por objetivo a promoção da Arte, Cultura e Cidadania LGBT e da interrelação entre LGBT e simpatizantes. O Talk Show é apresentado pela drag queen Jaqueline Ramirez e pela dançarina e atriz Carol Constantino que entrevistam Amara Moira, Giowana Cambrone Araujo, Sandro Ka e Tchaka; e tem as performances artísticas de Cristina Santos (dançarina), Ivana Wonder (drag e cantora), Lara Pertile (jornalista), Fer Luanda (poeta), Ianca Almeida (instrumentista), Diego Alexandre de Souza (dança), Trem doido (banda), Larissa Holland (dança do ventre), Jun Hosotani (dança pop), entre outros artistas.

Direção de palco: Natasha Rodrigues
Idealização, produção e direção geral: Hugo Abacher
Orientação: Professora doutora Ariane Porto
Para ver a programação completa, clique aqui.

Amara Moira é travesti, doutoranda em teoria literária pela Unicamp, feminista e militante dos direitos de LGBTs (Ts em especial) e de profissionais do sexo. Integrante do Coletivo Babado, do Grupo Identidade e da Associação Mulheres Guerreiras, foi também uma das fundadoras do Coletivo TransTornar, criado em começos de 2015 para reunir as pessoas trans e travestis de Campinas e região, principalmente as ligadas à Unicamp. Em seu doutorado estuda as antologias de poesia erótica de língua portuguesa à luz da cultura do estupro, buscando explorar o que um olhar feminista revelaria sobre esses poemas e sobre o fato de serem considerados eróticos.

Giowana Cambrone Araujo, Graduada em Administração de Empresas e Direito. Especialista em Gestão e Desenvolvimento de Cultura, pelo Observatório da Diversidade Cultural. Pós graduada em “Gestão Cultural, Patrimônio e Turismo”, pela Fundación Ortega y Gasset, em “Direito Constitucional” pela Universidade Gama Filho, e em “Democracia Participativa, República e Movimentos Sociais” pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestranda em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Membro do Colegiado Setorial de Patrimônio Imaterial do Conselho Nacional de Políticas Culturais, e do Comitê Técnico de Cultura LGBT. Presidente da Comissão de Direitos Homoafetivos Subseção OAB Leopoldina. Advogada ativista e militante trans. Escritora, atriz, produtora e gestora cultural. Pesquisadora de direitos e politicas sexuais e culturais. Membro do Conselho Nacional de Políticas Culturais. Especialista em “Gestão de Desenvolvi mento de Cultura”.

Sandro Ka é artista visual, designer gráfico e ativista social junto ao SOMOS – Comunicação, Saúde e Sexualidade (Porto Alegre/RS). Mestrando em Poéticas Visuais (PPGAV/UFRGS), especialista em Ética e Educação em Direitos Humanos (FACED/UFRGS) e bacharel em Artes Plásticas (IA/UFRGS). Em âmbito de militância social e pesquisa, possui interesse nas temáticas e articulações entre Arte, Política e Sexualidade, com foco em Cultura LGBT. Atualmente, integra o GT Sexualidades da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura e é membro do Comitê de Cultura LGBT do Ministério da Cultura.

TchaKa Drag Queen é uma drag vivida pelo ator Valder Bastos que estudou artes dramáticas na Escola Teatro Macunaíma em São Paulo, e também é formado em Direito pela Universidade Brás Cubas, Mogi das Cruzes.Mas é como Tchaka, que neste ano completa 14 anos, que tem se destacado na arte de encantar as pessoas através do humor. No currículo de Tchaka inclui-se mais de 4.000 apresentações em eventos por todo Brasil. Por isso, é considerada pela mídia a Rainha das Festas. Além disso, Tchaka é a apresentadora oficial da maior Parada LGBT do mundo, a de São Paulo.

Acho que vai ser um evento muito bacana e espero encontrá-los lá! :)

Posts relacionados:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *