#musicmonday 62: Pierrot Lunaire – Nacht – Schoenberg

Oi! A sugestão de música de hoje é uma meio creepy, perturbadora. É a oitava canção do Pierrot Lunaire, ciclo de canções de Arnold Schoenberg.

Fizemos um trabalho de análise de duas canções no semestre passado. A Priscila que passou este vídeo, gosto dele. Ela inclusive teve um pesadelo muito horrível depois de uma noite fazendo o trabalho… É só ouvir que vocês vão entender por quê.


http://youtu.be/u6LyYdSQQAQ

Schoenberg é um compositor contemporâneo, que trabalha com música atonal, dodecafonismo, essas modernidades que pra falar a verdade eu não curto muito, não. O Pierrot Lunaire é um ciclo de 21 canções baseadas nos poemas de mesmo nome do francês Albert Giraud. Conta a história de um Pierrot decadente, atormentado, bêbado de lua.

Aliás, deixa eu aproveitar o post pra contar a história da morte de Schoenberg. Ele tinha triscaidecafobia: medo do número treze. Como nasceu no dia 13 de setembro, ele achava que o número 13 também estaria ligado à sua morte (por quê???). Então, quando tinha 76 anos, ficou muito apreensivo, pois 7 + 6 = 13. Pra completar, o dia 13 de julho caía numa sexta-feira. Assim, quando chegou a sexta-feira 13, ele estava apavorado e resolveu tentar enganar a morte. Decidiu ficar o dia inteiro deitado em sua cama para não sofrer nenhum acidente, para incômodo de sua esposa. Quando faltava pouco para a meia noite, ela resolveu ir ao quarto para comemorar o fim do fatídico dia. Chegando lá, faltando 13 minutos para a meia noite, o compositor olhou para ela, disse “Harmonia” e então morreu.

Só pra acrescentar, o artigo em português na wikipedia chama a obsessão pelo número 13 de obsessão “zagállica” e, gente, como a wikipedia br é horrível.

Até mais!

Posts relacionados:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *