Adeus, meu piano digital

Oi! Hoje levei meu piano digital, um Yamaha DGX-520, para seu novo dono, o Carlos. Aí resolvi fazer uma homenagem a ele, que foi meu primeiro piano.

Comecei a estudar piano em 2007, usando um teclado que era dos meus irmãos (Casio). Em 2008, com o dinheirinho do estágio técnico, comprei o Yamaha. Ele foi meu piano querido até comprar o Fritz Dobbert. Desde então ficou encostado na minha casa, em casas de exs, até que resolvi que era hora dele seguir seu caminho e encontrar alguém que dê mais amor a ele.

Assim, ele foi comprado pelo Carlos e estou satisfeita porque é alguém que conheço e sei que queria aprender piano. E quem sabe ele não acaba virando meu aluno? :B O suporte de partitura desapareceu misteriosamente, ele até disse que vai fazer um novo. Estou curiosa pra ver o que vai sair disso.

Mas tive bons momentos com o Yamaha, e por isso ele será lembrado. É um bom piano (Yamaha, né?), só não tem uma mobilidade muito boa, por causa do suporte. O propósito dele é ser montado e ficar lá. Enfim, eu diria que é um bom piano para iniciantes. Tem algumas linhas melhores (inclusive porque ele é velhinho já, né), mas foi um bom custo/benefício.

Algumas fotos ;__;

E um vídeo com ele.


https://www.youtube.com/watch?v=w4GVY6oJ2Ks

Até mais!

Posts relacionados:


2 Responses to Adeus, meu piano digital

  1. Olá Patricia, É bem legal ver alguém contando sua história com esse belíssimo instrumento que é o piano.
    Meus Parabéns pelo blog que além de nos ajudar nas matérias de teoria, entretém nos com suas histórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *