Cobertura: Piano Opera Final Fantasy 2016 em São Paulo

Oi! Ontem pessoas de vários estados se reuniram para lotar o Teatro Gamaro no concerto do Piano Opera Final Fantasy. Pra quem não conhece, o Piano Opera é um arranjo das músicas de Final Fantasy para piano, mais elaborado que os arranjos do piano collections. Os arranjos são de Nobuo Uematsu e o intérprete é o pianista Hiroyuki Nakayama, que veio para São Paulo em 2014, para um concerto do Piano Opera que teve a organização um tanto conturbada. Dessa vez foi mais organizado, apesar de uma certa falta de comunicação com o público (a venda de ingresso estava anunciada pra outubro, ficaram meses sem dar notícia até que começou a venda em dezembro) e do Ingresso Rápido dificultando a compra de ingressos com um monte de bugs no site, mas sem dúvida é muito melhor comprar o ingresso e poder chegar no teatro perto da hora do que ficar 10 horas na fila no dia.

CcmOVN9XIAQJuFL.jpg:large
Zyfez, Kajiya, Lyserg, Lí, Carlos, eu, Leo, Jacque, Alice e Kenji embaixo

Antes do concerto

IMG_20160302_164916737

O estresse pra comprar ingresso: ficamos literalmente uma hora a partir da meia noite apertando F5 pra atualizar e ver se já estava disponível, quando todos tinham desistido o Kenji resolveu olhar o aplicativo no celular e viu que dava pra comprar pelo aplicativo, embora não desse pra escolher os lugares. O Kenji foi a primeira pessoa a comprar ingresso, ficando no lugar A1. Como não dava pra escolher lugar, acabei ficando no C2, lado direito da plateia (ímpar de um lado, par do outro). Prefiro ficar no lado esquerdo pra ver o pianista :( mas tinha um telão supimpa que alternava entre cenas dos jogos e o Nakayama tocando, então fiquei satisfeita. Além desse estresse, também teve outro porque o gerente do teatro não queria deixar eu retirar meu ingresso de meia entrada por não ter a carteirinha da UMES; ele disse que saiu uma lei que impedia a validade de documentos estudantis (uso o meu da Unicamp). Então paguei chorando o complemento da meia (não tá fácil não), pra depois o Dudu me contar no twitter que saiu uma liminar que derruba essa lei. Resumindo, foram algumas horas de muito estresse me sentindo roubada, já que eu passei no teatro mais cedo pra pegar os ingressos e saí pra só voltar à noite. Mas chegando lá tudo se resolveu, o gerente disse que a produtora liberou a meia entrada para qualquer documento estudantil e cancelou minha compra do complemento, devolvendo o dinheiro. Essa história tá bem estranha, já que eu fui no cinema e paguei meia normal e lá na Unicamp nem ouvi falar dessa carteirinha da UMES. Vou procurar saber mais depois.

CcksQ0qXEAAR16i.jpg:large

Ao colocar a fitinha do VIP vimos que estava escrito Yamato nela e… uéé? Aparentemente a Yamato estava misteriosamente organizando o evento nas sombras? Será que o Piano Opera financiou a Anime Friends (by Fenris)? lol. Ficamos esperando num saguão onde estava sendo vendido o álbum especial com os três CDs do Piano Opera, o que justifica o preço salgado de R$ 220,00. As camisetas que foram anunciadas na véspera e que seriam vendidas por R$ 80,00 não estavam lá. Descobri depois graças ao Carlos que elas ficaram presas na transportadora. Será que vão tentar vender depois? Podiam vender por um preço mais camarada… Do lado de fora do saguão tinha um food truck e algumas mesas. Boa parte da TL do twitter estava presente lá ♥

IMG_20160302_185939088

Cckz88wW0AAkzrS.jpg:large

Como bem lembrado pelo Kenji, em 2014 o Nakayama prometeu que voltaria com o Uematsu e ele cumpriu!! Todo mundo estava se perguntando se o Nobuo tocaria, mas isso ficou por conta do Nakayama; o Nobuo foi só o melhor mestre de cerimônias ever.

promessanakayama

O concerto

Quando começou, o Nobuo Uematsu apareceu e, caramba, que figura! Melhor pessoa. Ele já deixou claro que não precisava ficar todo mundo sentadinho quietinho assistindo, que a gente podia surtar, bater palma no meio, gritar… e inesperadamente saiu jogando bottoms na plateia para pessoas que ficariam responsáveis por gritar BRAVO O_O Serião, ninguém esperava por isso. Em seguida veio o Nakayama para tocar mas tava difícil porque todo mundo gritava BRAVO hahahah <3 Durante alguns pequenos intervalos, o Uematsu e o Nakayama conversaram conosco com a ajuda da intérprete, contando várias coisinhas legais. Vou tentar lembrar tudo e escrever aqui. Falando um pouco sobre a história deles... Nakayama gostava muito de games, mas sua mãe o obrigava a estudar 3 horas de piano por dia e ele só podia jogar games depois disso. Mas como ele gostava muito de Final Fantasy, acabava tirando as músicas de ouvido e fazia muito sucesso com os amiguinhos da escola haha. <3 O Uematsu disse que como a formação do Nakayama é erudita, ele esperava que fosse um cara todo certinho....... mas não. (bom, ele é mais timidozinho que o Uematsu pelo menos, hehehe) E quando perguntado sobre o que achou de conhecer e trabalhar com Uematsu, o Nakayama respondeu apenas que ele era seu kami-sama (deus). Eles são muito fofinhos juntos, gente!!!! Uma hora perguntaram quem estava presente em 2014, várias pessoas levantaram a mão, o Nakayama disse que lembrava de algumas (LEMBRA DE MIIIMMMM PFV) e o Uematsu falou pra ele parar de mentir ahahha.

Depois teve uma seção em que a intérprete disse que perguntaram na página quais as músicas preferidas, aí ela selecionou algumas respostas com um texto (algumas das pessoas estavam na plateia) e o Uematsu comentou um pouco sobre as músicas. Sobre one winged angel, ele disse que quando compôs a música os produtores acharam que ela era meio tensa mas ele não entendeu por quê. Aí ouvindo uma orquestra tocando ele concluiu que é tensa mesmo mas fica feliz por ter feito. XD Outra música foi Eyes on Me, que o Nobuo disse que gosta muito e que ganhou um prêmio no Japão! Também teve a opera Maria and Draco e o Uematsu disse que foi um jovem da companhia que estava escrevendo a letra – na verdade era uma carta de amor pra namorada dele, e mais tarde os dois se casaram! Own. O mais surpeendente: o prelúdio, música que todos amamos, que foi escrita em… dois minutos pelo Uematsu quando o boss chegou e falou “ow, faz uma música aí”. Ele disse que se soubesse que a série seria esse sucesso teria caprichado mais hahahaha. Mas e as músicas preferidas dos dois??? A do Uematsu é Melodies of Life e a do Nakayama é Dancing Mad! \m/ (ninguém perguntou mas a minha é to zanarkand, cê já me escutou tocando? clica aqui ow)

Acho que a novidade do telão foi muito legal. Colocar vídeos dos jogos, como o Video Games Live faz, aumenta a nostalgia e a emoção em 300%! Não tinha como não chorar com a melodies of life vendo as CGs, cara. Se bem que eu e o Fenris choramos quase o concerto inteiro, ahahahahahah. Nossa geração é cada vez mais visual e acho que a música só tem a ganhar usando os recursos tecnológicos a seu favor! Acho que só faltou um programinha impresso do concerto, como em 2014. Teve vários momentos legais entre as músicas também, como quando o Nakayama virou pra gente e perguntou “sou foda?”. FODA DEMAIS, CARA, FODA É POUCO!!!

Depois do concerto

O meet & greet foi super organizadinho, começando pela ordem das fileiras, sem ser aquele “levanta e sai correndo pra fila” do Video Games Live (mas como o VGL tem um público muito maior, seria mais complexo organizar assim). No caminho ganhamos o cd sampler que tem várias músicas de Final Fantasy (não do piano opera). SÓ EMOÇÃO. Não dá pra descrever o que é encontrar seu mestre ídolo kami-sama, cara. Não dá, não dá pra falar, só sentir. Levei para autografar o livro de partituras do Piano Opera VII/VIII/IX, que ganhei do Lí (BEST PRESENTE) e ele agora é meu tesouro supremo. Foi corridinho mas muito emocionante poder trocar algumas palavras com eles. Quando eu cheguei com o livro eles já ficaram “oooooh”, o Nobuo perguntou “So you play the piano?”, aí eu afirmei com a cabeça e apontei o livro: “むずかしい ね ;__;” (difícil, né) e eles riram. ♥♥♥ UM MOMENTO PRA GUARDAR PRA VIDA TODA. Mas eu já disse que eles são demais? Porque o pai do Kenji pediu pra escrever o nome dele (eles só estavam assinando o próprio nome) porque era aniversário dele, aí os dois cantaram happy birthday. Gente, eles são demais. 10000000/10 melhores pessoas. Ah, eu nem esperava que eles assinassem na capa, porque né, a capa é preta. Mas eles tinham uma caneta branca. Eles tinham umas 20 canetas ali, estavam preparados pra tudo!! AAAAAAAAA ♥

OMGOMG
obrigada pela câmera, Kenji!!!!

Só resta agora ficar lembrando pra sempre… e torcer para eles voltarem! E quem sabe num lugar maior para que mais pessoas possam ter a chance de ouvir essa maravilha. Alô pessoas misteriosas da organização, vamos pro Teatro Bradesco que nem o VGL?????

SETLIST FORA DE ORDEM

Como não teve o programa impresso, tive que confiar só na minha memória e também pedi ajuda no twitter (obrigada, gente!). Segue então a setlist com 95% de certeza (pode estar faltando alguma coisa):

  • Prelude
  • Ami – FF VIII
  • The man with the machine gun – FF VIII
  • Force your way – FF VIII
  • Melodies of Life – FF IX
  • You’re not alone – FF IX
  • Festival of the Hunt – FF IX
  • Fight On – FF VII
  • Dancing Mad – FF VI
  • Town Medley – FF I/II/III
  • Opening – Bomb Mission – FF VII
  • Cosmo Canyon – FF VII
  • Kefka – FF VI
  • Clash on the big bridge – FF V

Espero que tenham gostado desse post e que tenha dado pra quem não foi ter uma ideia. ♥
Depois vou acrescentar as fotos que o eterno fotógrafo do Nocmoon, grande barba Elbrancon tirou.

Até a próxima!

CcoE9rrW8AELdbu.jpg:large

Posts relacionados:


7 Responses to Cobertura: Piano Opera Final Fantasy 2016 em São Paulo

  1. Ahhhhh que demais!! Se nas fotos eles já parecem maravilhosos e simpáticos, pessoalmente devem ser incríveis! *o* Torcendo aqui pra que tenha ano que vem de novo e eu possa ir ;-;

  2. Estava disposto a sair do RJ pra ver mas quando fiquei sabendo do evento infelizmente já era tarde demais :(

    Quem sabe na próxima.

    Agora o que quero ver mesmo é a orquestra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *