O programa Pibid na corda bamba

Olá! Pra quem não conhece, o Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência) é um programa de aperfeiçoamento da CAPES. Ele é excelente porque coloca os alunos dos cursos de licenciatura das universidades na escola pública, o que permite que os alunos da licenciatura tenham uma experiência em sala de aula (ao invés de cair de para-quedas depois de formados) com o apoio de um coordenador na escola e outro na universidade; e permite aos alunos das escolas terem projetos diversos, como reforço das matérias ou um contato com matérias que não estão presentes na escola. Por exemplo, há projetos Pibid Música, Dança, Psicologia, Filosofia etc.

pibid

Eu faço parte do Pibid Música da Unicamp desde 2013, com muito orgulho. Fiquei um ano como voluntária, pois estava recebendo outra bolsa (Pibic, que é pra iniciação científica) e voltei a ser bolsista Pibid em agosto de 2015. O Pibid Música começou um semestre antes, em agosto de 2012. Desde então, tivemos vários projetos dentro da Escola Estadual José Vilagelin Neto, sendo nossa atuação no contra-turno (projetos no período da manhã para os alunos da tarde interessados e vice-versa) ou dentro da sala de aula, trabalhando em parceria com os professores de Arte. Por exemplo, já tivemos aulas de coral, fanfarra, violão em grupo, flauta doce, canto… Eu estive no projeto de flauta doce por um ano e no restante do tempo, atuando dentro da sala de aula. Já escrevi dois artigos relacionados ao Pibid, apresentados no VII e VIII Encontro de Educação Musical da Unicamp, e junto com nossa professora orientadora, Adriana Mendes, escrevi um artigo para o livro Formação Discente em Diálogo. Além disso, desde 2014, o Pibid Música ampliou sua atuação para outra escola, a José Maia Matosinho, com um projeto de maracatu, o Maracatosinho.

IMG_20141216_155221729

O Pibid contribuiu muito para minha formação, pois pude aprender a atuar na sala de aula e também conheci a escola pública. A coordenação e a direção sempre nos deram muito apoio. Além disso, estive presente em vários momentos de formação promovidos pelos coordenadores do Pibid e as próprias reuniões semanais são muito engrandecedoras.

Infelizmente, desde ano passado o Pibid está na corda bamba, correndo o risco de deixar de existir. Em junho fomos todos surpreendidos pela notícia de cortes de 50 a 75% das bolsas. Felizmente, depois de muitas manifestações e mobilizações, assinaturas coletadas nas escolas (somos (éramos) 300.000 bolsistas, imagina em quantas escolas atuamos), isso não aconteceu. Porém desde então o clima de insegurança permanece. Foram cortadas as verbas para recursos. Antes podíamos, por exemplo, solicitar verba para transporte (foi assim que trouxemos os alunos da fanfarra para tocar na Unicamp uma vez), para materiais diversos de papelaria, auxílio para apresentarmos artigos relacionados ao Pibid em congressos… Ou seja, ficamos só com a verba para pagamento das bolsas e olhe lá.

Desde então, muitas reuniões aconteceram, muitas especulações também, muitas possibilidades não confirmadas (nem negadas). No fim do ano, foi dado como certo que seriam cortados os bolsistas que completariam 48 meses de bolsa. Agora na última reunião também foi confirmado o corte dos bolsistas com 24 meses de bolsa. Outra coisa é que não é mais possívei abrir novos editais. Ou seja, não existe mais a possibilidade de novos bolsistas entrarem no programa. Então com o corte de todos os bolsistas que completarem 24 meses, mais cedo ou mais tarde o programa acabará por não ter mais bolsistas. Tinha ouvido falar também que os subprojetos precisavam ter um mínimo de 10 bolsistas para continuar, ou seja, se o projeto tiver 9 ele também será encerrado. Mas não lembro se essa última informação foi confirmada ou era uma possibilidade em análise. Não sei se serei cortada ou não, porque deixei o programa por um ano e voltei a ser bolsista só em agosto do ano passado…

Enfim, o cenário é muito crítico e infelizmente tenho sérias dúvidas quanto ao futuro do programa. A mobilização continua e tem uma petição online que pode ser assinada aqui. Tem um grupo no facebook onde são postadas informações, mas não tem uma moderação muito eficiente então tem muito meme, muitas piadinhas e os posts úteis acabam se perdendo. De resto, continuamos com o #ForçaPibid, nos empenhando e torcendo. O Pibid é um dos programas mais legais de parceria entre a universidade e a escola pública, vai ser uma perda muito grande se ele deixar de existir. O Mais Educação é outra opção muito legal, mas já foram anunciados cortes também, não estou acompanhando de perto mas o plano era deixar apenas as disciplinas de português e matemática. (sempre elas, né)

Até mais! (e que eu possa voltar com notícias melhores num futuro não tão distante…)

1488737_642793609097472_501116611_n

Posts relacionados:


One Response to O programa Pibid na corda bamba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *