Mudança e chá de panela

Olá! Recentemente o blog passou por um hiato grande, talvez o maior da sua história. Como eu tinha dito no post novembro tá bem louco, novembro realmente foi louco e o começo de dezembro seguiu no mesmo ritmo. Fiz uma mudança às pressas, fiquei sem internet, tive problemas de trabalho e passei por um período trevoso, mas acho que agora as coisas estão começando a se encaixar de volta no lugar e eu posso voltar a ser eu mesma. A lição que fica é que dinheiro nenhum vale a minha (a sua, a nossa) paz de espírito. Não vale a pena viver insatisfeito e ser tratado com menos respeito do que merece. Não se resigne. Procure coisa melhor. Vire a página. Ano novo está chegando aí, é aquele incentivo pra dar um sacode na vida. #paragrafomotivacional

luka

Sobre a mudança em si, o Reynolds sugeriu escrever a respeito e acho que eu poderia é escrever um manual de como NÃO fazer uma mudança, porque tudo que poderia dar errado, de fato deu. XD

A mudança aconteceu às pressas porque a proprietária do apartamento onde o Gald e a Pyon estavam decidiu vendê-lo. Então o Gald veio pra Campinas. Foi um sufoco ficar olhando casas nos intervalos do meu trabalho. Então a primeira dica é essa: se possível, tenham TEMPO para ver as casas com calma. Algumas imobiliárias emprestam as chaves sem precisar do corretor junto, é só deixar um documento. Essa é uma alternativa para olhar depois do trabalho, só evite se já estiver escuro porque a casa pode estar sem lâmpada e/ou energia elétrica.

Eu fui anotando os pontos positivos e negativos de cada casa em um caderninho (o caderno do Estúdio Maricota que o Zyfez me deu de aniversário), porque como deu pra ver no post sobre como usar agenda, eu sou a loka do papel. Alguns pontos positivos para mim: armário embutido, jardim, segurança do bairro, quartos espaçosos. Alguns pontos negativos: cozinha pequena, casa dividida, terreno com mato ao lado da casa. Pense em quais são as suas prioridades e defina a faixa de preço que cabe no seu bolso, levando em consideração que pode variar muito dependendo do bairro. Considerei morar nos bairros em volta da Unicamp, mas aquela região é muito cara! Casas menores do que a que eu escolhi tinham aluguel cerca de 500 reais mais caro.

Outra dica é voltar na casa escolhida para ver com mais calma, coisa que não conseguimos fazer por causa do tempo escasso pra mudança e porque o Gald precisava acertar as coisas em São Paulo. Então tivemos algumas surpresas desagradáveis, como a porta do banheiro com a maçaneta quebrada: na minha primeira manhã na casa nova eu fiquei presa no banheiro e tive que ficar gritando pro Gald acordar me resgatar. :D

Quanto mais você olha, mais descobre reparos necessários. Então é bom andar pelo bairro pra ver se tem alguma obra, conversar com os pedreiros para fazer um orçamento e ver o que precisa de conserto. O Gald fez essa parte, já que ele trabalha em casa e consegue ter horários mais flexíveis; agora ele tá todo tiozão vendo a reforma da casa. Dá para negociar com o proprietário e a imobiliária para que os reparos sejam descontados do valor do aluguel por alguns meses, que foi o que fizemos.

Outra dica importante: não faça a vistoria da casa antiga no dia da mudança. Algum imprevisto pode acontecer, como a pessoa da imobiliária subitamente falando que as paredes precisam ser pintadas enquanto a mudança acontece. Isso não é legal.

Falando na mudança em si, organize as caixas de forma lógica e escreva o local nelas: cozinha, quarto, sala etc. Ajuda na hora de descarregar e para não ficar abrindo todas as caixas procurando algo específico. Ah, não esqueça de deixar bem separados os itens de higiene: papel higiênico, sabonete, toalha, escova e pasta de dente. Essa dica e outras eu vi no blog Vida Organizada, que é muito amorzinho; foi paixão à primeira vista quando descobri e saí lendo o arquivo do blog inteiro. Outra recomendação é o livro Morando Sozinha, que encontrei numa promoção da Saraiva e posteriormente descobri o blog, mas ele meio que deixou de existir porque a autora mudou de foco e eu fiquei fuen.

Mais uma dica: Tenha um grande estoque de panos de chão. Não existem panos de chão suficientes para limpar uma casa que estava sem habitantes por muito tempo!!!!

E antes de mudar pense bem nos eletrodomésticos e móveis que você não tem e que precisará comprar. Felizmente o Gald já tinha geladeira, microondas, cafeteira (importante) e a Pyon deixou o fogão com a gente, então só falta uma máquina de lavar, que minha mãe vai dar de presente. <3 Aí pras coisas que eu gostaria de comprar mais de imediato pra casa, fiz um orçamento e um chá de panelas no Vakinha Online. Algumas pessoas me perguntaram se eu faria e, pela praticidade pra quem mora longe e pra quem não pode dar muito dinheiro, optei pela vaquinha. Mas é claro que quem quiser também pode comprar um presentinho ou me dar o dinheiro em mãos! Quem não tá podendo colaborar (não tá fácil pra ninguém) também pode mandar good vibes, que são sempre bem-vindas. ❤ O link da Vakinha é este aqui. Sinceramente, já recebi muito mais dinheiro do que imaginava e estou muito feliz! Só tenho a agradecer ❤

Ah, também ganhei panos de prato da Katia Luise e uma almofada de Phoenix Wright da Pati e do Maximo! Vocês podem comprar uma igual ou muitas outras coisas lindinhas na loja deles, a Darma Store!

IMG_20151208_210047900

1182015212142

Depois vou fazer um post com as coisas compradas com o dinheiro da Vakinha e mostrando a minha casinha. Depois que ela deixar de ter um amontoado de caixas em todos os cantos, claro. E o piano de armário ainda não veio, já que ele precisa de uma mudança à parte. Não vou deixar qualquer um mexer, tem gente especializada em carregar piano. Mas estou planejando ter uma salinha à parte pros pianos e minha estante de livros. Só falta o Gald concordar. (estamos em negociação)

E é isso. Agora creio que o blog volta à ativa, estou com muitas ideias legais e tal! Até a próxima!

Posts relacionados:


2 Responses to Mudança e chá de panela

  1. Patty fico muito feliz em saber dessa nova etapa em suas vidas!
    Mudar de casa e é sempre uma grande dor de cabeça ( desde que nasci me mudei 9 vezes >XD), e a ùltima foi a mudança de "casamento".
    Desejo o melhor a vocês, e que nas dificuldades um possa ser de suporte ao outro e afrontar tudo mão na mão!
    Beijos, e logo que eu conseguir mando um "regalo"! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *