Museu dos sons ameaçados

Olá! Você repara em todos os sons à sua volta? Aqueles sons tão comuns que acabamos nos acostumando e deixamos de perceber. Por exemplo, o barulho de um ar condicionado velho (que faz tanta diferença quando é desligado!), o som das teclas no computador, carros passando, passarinhos cantando…

Mas conforme a tecnologia evolui, alguns sons começam a desaparecer! É por isso que foi criado o Museu dos Sons Ameaçados de Extinção!

Tudo começou quando eu falei certa vez que sentia saudades dos telefones de disco. Era tão legal discar e ouvir o terrec-terrec! Aí alguém me passou esse site no twitter. Esqueci quem foi, desculpa! ;__;

Esse site reúne imagens de vários objetos. Se você clicar, pode ouvir o respectivo som. E é possível clicar em vários ao mesmo tempo, para compor sua “sinfonia” de sons antigos!

Dá pra perceber quão velho você é só vendo os objetos que você usou ou pelo menos conhece… Além do telefone, eu adorava a máquina de escrever do meu pai; foi nela que eu peguei gosto pela digitação. (A propósito, fizeram até um concerto com máquina de escrever!) Minha vó também tinha uma caixa registradora elétrica, era um trambolho, mas eu brincava de mercadinho com ela! Ouvia vários discos de cantigas infantis numa vitrola… Da internet discada da AOL eu prefiro nem lembrar. Lembro do meu primeiro computador, com Windows 94, e eu tinha medo de colocar disquete porque achava que ele ia engolir minha mão! Alugava várias fitas de desenho na locadora perto de casa. Gravava várias fitas cassete das minhas músicas preferidas no rádio. E, claro, jogava muito videogame! Assim foi a minha infância tecnológica.

Alguns objetos do museu eu nem conheço! O terceiro da primeira linha, o terceiro da terceira linha e o terceiro da penúltima linha. Nunca vi!

A propósito, ouvi falar que as crianças de hoje em dia não aprendem mais a ver as horas em relógico com ponteiro, porque a maioria das pessoas vê a hora em celular ou usa relógio digital. Acho uma pena, relógios com ponteiros são tão bonitos! Eu tenho relógios parados no meu quarto como enfeite, porque o tic tac me incomoda. O Blue acha isso um absurdo.

E aí, de quais sons vocês têm saudade?

Posts relacionados:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *