Filme: Cello – terror e violoncelos

Olá! Eu adoro filmes de terror – de preferência, terror psicológico com fantasmas ao invés de cabeças explodindo e sangue por todo lado (embora já tenha visto uma meia dúzia de filmes de zumbi).

Encontrei uma oportunidade de falar de filme de terror aqui no blog, já que até o título deste filme que o Netflix por acaso me recomendou é um instrumento!

Cello é um filme coreano de 2005. A personagem principal é a violoncelista e professora de música Mi-Ju Hong. Ela mora com seu marido Jun Ki, com suas filhas Yoon-Jin e Yoon-Hye Song e com sua cunhada Kyung Ran, que está pra se casar. Yoon-Jin tem algum tipo de deficiência mental e é bastante apática, mas parece estar decidida a aprender a tocar violoncelo.

A vida de Mi-Ju fica bastante conturbada depois que uma aluna se enfurece por não ter sido aprovada em um teste graças à sua correção rígida, e começa a perseguir e ameaçar a professora. Além disso, ela é convidada pro concerto da irmã mais nova de Tae-Yeon Kim, sua melhor amiga que também era violoncelista e morreu em um trágico acidente de carro. A partir daí, as lembranças da amiga começam a perturba-la. Pra terminar, seu marido contrata uma empregada incapaz de falar porque danificou as cordas vocais numa tentativa de suicídio, o que a deixa bastante desconfortável.

A narrativa é lenta e não tem muita ação, é um terror psicológico com bastante drama e, assim como a protagonista, também não temos muita certeza do que está acontecendo até que seja tarde demais. E eu acho que ela é bastante perturbada… Ah, mas a filhinha dela é muito fofa e já vale o filme! (≧‿≦) As cenas são muito lindas também.

Mas vou dizer que dá até medinho de ser professora, imagina se você dá uma nota baixa e o aluno é maluco e resolve se vingar. Até entendo que pode ter estragado a vida dela naquele ano, mas pô, da próxima vez estude mais! ಠ_ಠ

A capa do filme é bonita, né?

Trailer:

Detalhes do filme no IMDB
Detalhes do filme no Filmow

Até a próxima!

Posts relacionados:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *