Feliz dia do professor!

Olá! Tá difícil encontrar tempo pra escrever posts grandes aqui, mas não queria deixar o dia do professor passar em branco.

Lousa
saudade das aulas de latim

Este post é um amontoado de coisinhas. Primeiro uma imagem que vi no facebook faz um tempo. Não tem como saber a autoria de imagem de facebook, mas a que eu vi tinha sido postada pelo perfil Universidade Capenga. Ela ilustra bem a importância dos professores, eu acho.

Em segundo lugar, mas não menos importante, queria agradecer a todos os meus professores, que tiveram alguma contribuição maior ou menor nisso que eu sou hoje. Principalmente a estes dois: meu professor de piano, Norberto Ossis, e o diretor da minha escola de música e meu primeiro professor de teoria musical, Josimar Souza Campos. Eu não estaria “aqui” e este blog provavelmente não existiria se não fosse por eles. Muito obrigada! ♡ Essa foto foi tirada na primeira aula depois da minha aprovação nos vestibulares. :3

IMCSC :3

Espero um dia ser uma boa professora e poder colaborar com a formação musical de muitas crianças, jovens, adultos, idosos. Já dou aulas, tanto de piano quanto de musicalização, mas ainda me considero muito mais aprendiz do que professora. E acho que vai ser assim pra sempre. A vida é um eterno aprendizado e eu espero nunca deixar de aprender. E ensinar.

Pra terminar esse post, gostaria de deixar dois links aqui. Link dos posts sobre educação musical e link de um musicmonday passado: On the radio, da Regina Spektor, por causa do clipe dessa música. Ele mostra o que eu imagino como uma sala de aula ideal! Vale a pena ver, e a música é uma gracinha.

Então, parabéns a todos os professores e até a próxima!

Posts relacionados:


8 Responses to Feliz dia do professor!

  1. Desde meus 13 anos, tendo ensinar pessoas…como explicadora. No início era para ganhar um dinheirinho, pois sempre detestei pedir coisas para as pessoas, ainda mais dinheiro para meu pai. Com o tempo, passei a gostar disso e apesar de cansativo, penso com carinho que já passei um natal dando aula e o aluno dormindo na casa de minha mãe (está certo, ele é meu primo, mas mesmo assim), e ele passou. Este ano, foi bem no vestibular e só não está fazendo Adm pq está envolvido com uma piriguete (larga logo meu primo, sua filha da sua mãe) e ela o atrapalha muito, infelizmente.

    Queria muito ser professora, decidi adiar o mestrado e me dedicar a programar para os outros ganharem dinheiro…fazendo CRUD ainda por cima (ai, que vergonha), sinto como se estivesse traindo a mim mesma toda a vez que vejo o relato de um professor.

    Queria ser rica para poder somente ensinar, sem depender do dinheiro, somente ensinar o pouquinho que sei…queria ser como a Rachel Weisz em Ágora <a href="http://(http://www.imdb.com/title/tt1186830/)” target=”_blank”>(http://www.imdb.com/title/tt1186830/).

    Este post relembrou o que eu queria e ainda quero ser.

    Bonito post, menina Patty. Bonito post :D

  2. http://www.imdb.com/title/tt1186830/ <– o link saiu bugado, tentei corrigir mas parece que não deu certo @_@ Enfim, adicionarei esse filme à minha lista de quero-ver! :D

    Poxa, moça. Esse é um dos comentários mais bonitos que já recebi aqui! Eu também sempre gostei de ajudar meus amigos do colégio. Em matemática, português, inglês e história, que eram meu forte. Não sei por que nunca considerei ser professora. Possivelmente o preconceito ("professor ganha pouco, se estressa com aluno bagunceiro") ajudou nisso. Lembro de ver minha sala do colegial e pensar "cara, nunca quero dar aula pra uma turma dessas, credo"

    Mas aí me apaixonei pela música e me dei conta de que queria ser como meu professor de piano! Criei o blog e confirmei o quanto gostava de repassar meus conhecimentos musicais. Mas só este ano descobri, na universidade, o quanto a área de educação musical é ampla!

    Espero que você consiga logo seguir o caminho que quer na vida. Dinheiro é necessário, eu bem sei, mas satisfação também é! Vamos ser colegas professoras!

    PS.: Eu ri da parte da piriguete. Sua prima coruja! XD

  3. Parabéns a você também Patricia que também é uma professora!

    Ah, amo seu site. Espero todas as segundas por seus novos posts rs

    Parabéns mesmo, mesmo

  4. Parabéns pelo trabalho! Descobri o site agora e já li metade dos posts.

    Patrícia, tenho um enorme amor por música [principalmente erudita e jazz] e sou vestibulando agora. Meu maior dilema, é que não sei se serei feliz ao escolher outro curso que não seja música [duvidando da minha capacidade, me inscrevi em economia, que eu acho legal, mas parece faltar algo ainda, não é a mesma "empolgação" quando se fala em música]. Eu toco sax e comecei a aprender violoncelo, mas me considero muito despreparado para fazer o teste de aptidão musical, pois exige bastante pelo nível que eu estou… Eu acho que gostaria de fazer Educação Musical, mas mesmo assim ainda me sinto despreparado, preciso estudar bastante e me falta tempo [eu trabalho e faço cursinho]. E acho que já to meio velho pra estudar música também, tenho 19 anos. O que você acha que eu devo fazer? O que você sabe sobre o curso de Educação Musical da UFSCar? Me dá uma luz!

  5. É. Izaque Mateus rs.
    Eu moro aqui perto de Campinas, em Santa Bárbara d' Oeste…
    Acho a Unicamp EXCELENTE [vontade é o que não me falta para estudar lá, haha]! Eu li algumas informações a respeito do curso de licenciatura em música da Unicamp, e acredito que como você faz o curso, poderá tirar algumas dúvidas…
    Como, por exemplo, no site da comvest, diz que a licenciatura além de não somente dar a formação na educação musical ao estudante dá também formação no instrumento. No caso, o instrumento que eu fizer a prova de aptidão será o instrumento que eu vou ter a formação, ou pode ser escolhido um instrumento que eu ainda não toco ao decorrer do curso? E essa formação do instrumentista, tem como foco na educação (professor específico de um instrumento), ou o músico pode também exercer a mesma formação de um bacharel? Há muita diferença nas provas de aptidão para os cursos de licenciatura e música popular? Bom, acho que é só [só? rs] isso… Muito Obrigado.
    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *