Livro: Afinando os ouvidos

Olá! Na semana passada passei pela seção de música da biblioteca e peguei este livro muito bom, escrito pelo Maestro Paulo Maron. É um livro escrito para leigos, em linguagem informal e evitando usar termos técnicos. O público alvo é quem vai em concertos e gostaria de conhecer mais sobre a música erudita e a orquestra. O próprio autor deixa claro que não é um livro voltado para músicos, mas creio que mesmo músicos e pessoas que já entendem desses assuntos podem fazer bom proveito do livro. Afinal, conhecimento nunca é demais.

No livro, você encontra:

  • “Uma brevíssima história da música”, que fala sobre os períodos musicais e a que se deve a transição entre eles, com bons exemplos de compositores e sugestões de obras para ouvir.
  • Formas musicais: suíte, sonata, fuga, cantata, lied etc.
  • A orquestra: um pouco sobre cada instrumento, sua história e utilização.
  • As perguntas que o público costuma fazer, sobre o maestro, instrumentos e compositores.
  • Meu preferido: curiosidades sobre os compositores, na forma de perguntas e respostas.
    “No período barroco, quando se utilizava um regente, este não usava batuta e sim uma estaca de madeira?”
    “Wagner se considerava Platão, Shakespeare e Beethoven num homem só?”

    Minha única estranheza quanto a este livro é que, talvez por algum erro ou distração, duas perguntas ficaram sem resposta.

Quanto ao autor, Paulo Maron é maestro, compositor e arranjador. Fez muitos trabalhos significativos em orquestras, e por isso tem experiência de sobra para falar sobre o assunto. O epílogo tem até um pequeno protesto em relação àqueles que tossem nos concertos – de fato parece meio estranha a necessidade que algumas pessoas têm de tossir. Realmente gosto da forma como o livro foi escrito; é uma leitura leve e divertida. E iniciativas para tornar a música erudita mais acessível são sempre bem-vindas.

Para finalizar, um pequeno trecho do livro, do capítulo de formas musicais.

Toda obra de arte tem sua forma. Desde as grandes estruturas arquitetônicas, passando pela escultura, pintura, literatura, até chegar na música, tudo segue uma estrutura formal, seja ela regular ou irregular.

Veja o exemplo da literatura. Você consegue imaginar um livro em que o autor deixa todo o grau de tensão para o início? Isso não ocorre, não é? Simplesmente porque o escritor sabe que se ele for dosando esses momentos de tensão durante todo o livro e reservar o peso maior para o meio ou para o final ele vai conseguir a atenção do leitor. Ele, portanto, contrói uma estrutura formal para seu livro.”

Compre o livro no site da Annablume Editora

Detalhes do livro no Skoob – o Skoob é uma rede social de livros, útil para marcar os livros que você já leu, está lendo e quer ler, ver resenhas, quantas pessoas já leram e o que elas acharam.

Até a próxima!

Posts relacionados:


2 Responses to Livro: Afinando os ouvidos

  1. Pingback: Tweets that mention Livro: Afinando os ouvidos | Nocturne in the Moonlight | Nocturne in the Moonlight -- Topsy.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *