Metrônomo

Olá! Hoje vou falar um pouquinho sobre um instrumento muito importante para todos os músicos: o metrônomo. Retirei boa parte das informações do artigo na Wikipedia.

O que é

O metrônomo é um instrumento que serve para medir o tempo musical. Ele produz pulsos em intervalos regulares, sendo que cada pulso equivale a um tempo do compasso. Existem metrônomos mecânicos, que utilizam um pêndulo, e metrônomos digitais.

Metrônomos mecânicos

Metrônomo

Nos mecânicos, um mecanismo de corda, semelhante aos dos relógios, utiliza um pêndulo para regular o pulso. O pêndulo consiste em uma haste metálica com um peso deslizante. Você desliza o peso pela haste de modo que ele marque a pulsação desejada; os números estão marcados numa escala no metrônomo. Quanto mais próximo o peso está do eixo (a parte inferior em que ele fica preso), mais rápido é o período do pêndulo. Quanto mais longe, mais devagar. Isso é física pura!

A escala do metrônomo é graduada em bpms, mas atrás do pêndulo você encontra também indicações de andamentos, como presto, andante etc. É possível também definir o tipo de compasso. Um mecanismo interno produz um “clique” a cada pulsação do pêndulo. Alguns deles têm um som diferente para indicar o começo de um compasso, semelhante a um sininho.

Metrônomos digitais

Metrônomo

Os digitais indicam as batidas através do piscar de um LED, e produzem um som eletrônico. Eles utilizam cristais de quartzo para a regulação do tempo. Os mais simples possuem um disco para controlar o tempo; outros possuem um botão que permite que você aumente ou diminua.

Existem alguns incorporados a afinadores eletrônicos. Alguns deles possuem funcionalidades extras, tais como: definir o tipo de compasso e produzir um som diferente no começo de um compasso, produzir sons diferentes para a contagem de tempo de compassos compostos, contar os tempos utilizando uma voz digitalizada.

Muitos programas de edição de áudio e partitura possuem metrônomo embutido, assim como teclados e pianos digitais.

História

O metrônomo foi inventado por Dietrich Nikolaus Winkel, um relojoeiro de Amsterdã, em 1812. Johann Mälzel copiou muitas das ideias de Winkel e recebeu a patente pelo metrônomo em 1816.

Ludwig van Beethoven foi o primeiro compositor a indicar marcas de metrônomo nas suas partituras, em 1817. As marcas extremamente rápidas em algumas de suas peças levaram alguns estudiosos modernos a acreditar que o metrônomo que ele utilizava era impreciso.

Importância do metrônomo

Por que é importante estudar com metrônomo? No começo, você pode até achar chato estudar com ele, ou ter dificuldade de conseguir tocar enquanto presta atenção nas batidas. Mas ele ajuda muito a melhorar a execução das peças.

Isso porque ele te ajuda a tocar no andamento correto, com cada nota no tempo certo. É normal variar um pouco o andamento quando se está aprendendo uma música nova. Por exemplo, tocar mais rápido os trechos que você domina mais e mais devagar os trechos mais difíceis. O metrônomo te mostra onde você tem que acelerar e diminuir a velocidade e quais notas estão com uma duração maior ou menor do que deveriam.

Ele também é muito importante em exercícios de leitura rítmica, como o Pozzoli.

Curiosidade

O compositor húngaro György Ligeti compôs a peça Poème Symphonique pour 100 metronomes (Poema sinfônico para 100 metrônomos) em 1962.

A peça exige dois “executantes” que trabalham antes da entrada da audiência. Cada um dos 100 metrônomos mecânicos, montados sobre uma plataforma no palco, tem sua mola totalmente carregada e é ajustado para uma velocidade diferente. Depois disso eles são disparados da maneira mais simultânea possível. Depois disso a platéia é admitida e toma seus lugares enquanto os metrônomos soam até que todos parem. À medida em que param, o pulso de cada metrônomo restante se torna mais distinguível dos demais. A “execução” normalmente termina com um dos metrônomos soando sozinho por alguns compassos. A peça foi gravada várias vezes. Uma das versões mais recentes dura cerca de 20 minutos.

Embora eu, particularmente, não goste muito dessas “composições” modernas, achei interessante. O som é algo bem curioso. Confiram o vídeo!


http://www.youtube.com/watch?v=d9daZeGs3gU

Metrônomos On line

Algumas sugestões de metrônomos virtuais:

Free Metronome On Line
: Um site muito bom. Ele te dá três opções de metrônomo: um simples, em que você apenas seleciona o tempo e ouve as batidas; um mecânico, em que há uma animação do metrônomo com o pêndulo balançando na velocidade desejada; e um metrônomo avançado, com muitas opções.

Web Metronome: Um metrônomo feito em java script. Ele exibe os tempos numerados na tela, ao mesmo tempo em que soa o bip. É possível escolher o número de batidas por compasso e quais tempos serão acentuados.

Metronome Online
: Um metrônomo em flash com um design legal. Traz as marcações de alguns andamentos e também produz o A4 para afinação.

Bom, é isso. Espero que vocês tenham gostado. E pratiquem com metrônomo! o/

Posts relacionados:


8 Responses to Metrônomo

  1. Muito bom Ri-chan, eu sempre quis saber (mas tinha preguiça de procurar) o que era e pra que servia "aquele reloginho estranho" XDDDDD. Deve ser dificil estudar usando isso…podemos dizer que é…um mal necessário? XDDDDD. Valews Ri-chan!

  2. @César:Olha quem apareceu! Tava sumido, moço! Valeu por comentar. =D@Clans:É difícil no começo, sim. Você tem que se acostumar a prestar atenção no que tá tocando e nas batidas que está ouvindo! Mas é necessário, sim.Valeu por comentar!

  3. Pingback: Andamentos | Nocturne in the Moonlight

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *